Segunda-Feira, 22 de Abril de 2024

Super Dogus - Completo

Mais lidas da semana

7/3/2013 - Ribeirão Preto - SP

Vice-prefeito participa do lançamento da candidatura de São Paulo para Exposição Universal de 2020




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Ribeirão Preto

O vice-prefeito de Ribeirão Preto, Marinho Sampaio, participou na manhã da última terça-feira, dia 05, na Prefeitura da cidade de São Paulo, da solenidade que anunciou a candidatura oficial da cidade para sediar a Exposição Universal de 2020.Essa Exposição é realizada a cada cinco anos em diferentes países, apresentando o melhor da cultura, das ideias e dos negócios mundiais.

“A Expo 2020 é um dos maiores eventos, é a maior feira, e a mais importante do mundo. Então, ela tem uma equivalência com a Copa do Mundo e com as Olimpíadas. Seria um momento de grande projeção do Brasil internacionalmente” afirmou Marinho Sampaio na oportunidade.

Durante a solenidade, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, afirmou que São Paulo é a cidade mais bem preparada para receber a Expo 2020. “A Capital tem um grande potencial econômico, uma imensa diversidade cultural, seu dinamismo é crescente para os negócios”, ressaltou Haddad.

As exposições universais surgiram em meados do século IXX. A Torre Eiffel, maior cartão postal da França, foi construída especialmente para a Exposição Universal de 1889.

A última edição do evento aconteceu em 2010, em Xangai, e contou com a participação de 190 países e 50 organizações internacionais. A exposição chinesa foi a maior já realizada e recebeu 73 milhões de pessoas. Em 2015, a sede será Milão, na Itália.

A eleição para sediar a Exposição Universal em 2020 acontece em novembro de 2013, em Paris. São Paulo disputa com outras quatro cidades: Dubai (Emirados Árabes Unidos), Esmirna (Turquia), Ayuthaya (Tailândia) e Iekaterinburgo (Rússia).

Mesmo que São Paulo não seja escolhida como sede para a Expo 2020, a vice-prefeita Nádia Campeão considera que não seja uma perda total, pois os investimentos em Pirituba, bairro da zona Oeste onde o complexo para o evento deve ser construído, não serão interrompidos. “Os investimentos em Pirituba vão continuar porque o bairro é uma frente de expansão importante para São Paulo. Teremos um instituto federal com cursos técnicos e superiores de tecnologia”, afirma Nádia Campeão.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Mais Ribeirão Preto.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2024, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.