Sábado, 16 de Outubro de 2021

Mais lidas da semana

10/10/2012 - Ribeirão Preto - SP

Secretaria da Saúde realiza oficina para apresentação de protocolo de sensibilidade à penicilina




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Ribeirão Preto

A Secretaria da Saúde de Ribeirão Preto realiza nesta quarta-feira, dia 10, uma oficina de apresentação do “Protocolo de Realização do Teste de Sensibilidade à Penicilina Revisado”. Esta oficina tem por objetivo rever com enfermeiros da rede pública as técnicas de realização do teste de sensibilidade.

Este Protocolo foi instituído na rede pública municipal em 1992. “De lá para cá muitas discussões foram realizadas e os profissionais de saúde sentiram necessidade de revisar o protocolo e rever as técnicas de sua utilização referentes ao teste de sensibilidade propriamente dito, frente a possibilidade de eventos adversos, principalmente a  de reação anafilática”, explicou a enfermeira Fátima Neves, coordenadora do Programa.

Segundo ela, a dificuldade do manejo pode limitar a indicação da penicilina. Por isso, as Divisões de Enfermagem e Farmácia e o Programa Municipal de DST (Doenças Sexualmente Transmissíveis)/Aids e Hepatites Virais organiza esta oficina, que contará com a participação de aproximadamente 80 enfermeiros da rede pública municipal, previamente inscritos, em duas turmas, uma no período da manhã e outra no período da tarde.

Histórico - A atividade antimicrobiana da penicilina foi descoberta por Alexander Fleming em 1928, porém só passou a ser utilizada em humanos em 1940. A utilização da penicilina passou a apresentar uma opção terapêutica útil ao tratamento e  prevenção de diferentes processos infecciosos ou de suas complicações. São antibióticos de elevada eficácia e de baixo custo, sendo uma opção definida nas infecções por Streptococcus pyogenes e Streptococcus pneumoniae, na sífilis (neurosífilis, sífilis congênita, sífilis na gestação, em associação à infecção pelo vírus da imunodeficiência humana – HIV), nas profilaxias primária e secundária da febre reumática e da glomerulonefrite pós-estreptocócica, dentre outras.

A oficina será realizada no auditório do Centro de Referência em Especialidades Central, na rua Prudente de Morais, 35. Confira programação abaixo.

Oficina de Apresentação de Protocolo do Teste de Sensibilidade à Penicilina Revisado
 
Turma I – Período da Manhã 
7h30 – Abertura: Objetivo da Oficina –  Chefe da Divisão de Enfermagem Enfermeira Jane Cristina; 
8h – (Des)informação relativa à aplicação da penicilina na rede de saúde – Enfermeira Fátima Regina de Almeida Lima Neves, coordenadora do Programa DST/Aids e Hepatites Virais; 
8h30 – Preparo das soluções usadas no teste – Farmacêutico Júlio Cesar Borella;
9h – A realização do teste de sensibilidade à penicilina segundo o protocolo da Secretaria Municipal da Saúde de Ribeirão Preto – Enfermeira  Lis Aparecida de Souza Neves;
10 h – Intervalo
10h15 – Oficina de realização do teste – Enfermeira Luciana R. Parada;
 
Turma II – Período da Tarde
13h – Abertura: Objetivo da Oficina –  Chefe da Divisão de Enfermagem Enfª Jane Cristina;
13h30 – (Des)informação relativa à aplicação da penicilina na rede de saúde – Enfermeira Fátima Regina de Almeida Lima Neves;
14h30 – Preparo das soluções usadas no teste – Farmacêutico Júlio Cesar Borella;
15h – Intervalo
15h30 – A realização do teste de sensibilidade à penicilina segundo o protocolo da Secretaria Municipal da Saúde de Ribeirão Preto – Enfermeira Cristina  G. B. Garcia;
16h15– Oficina de realização do teste – Enfermeira Cristina G. B. Garcia.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Mais Ribeirão Preto.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2021, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.