Quarta-Feira, 18 de Julho de 2018

9/1/2018 - Ribeirão Preto - SP

Secretaria da Saúde promove atividades educativas contra a hanseníase




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Ribeirão Preto

“Janeiro Roxo” alerta a população sobre a hanseníase; campanha de prevenção contra a doença será disseminada em todas as unidades de saúde 

A Secretaria Municipal da Saúde, por meio do Programa Municipal de Prevenção e Controle da Hanseníase promoverá, durante o mês de janeiro, em todas as unidades de saúde de Ribeirão Preto diversas atividades de conscientização sobre a doença.

Haverá distribuição de material educativo como folders e cartazes em todas as unidades da rede básica de saúde.

A meta, segundo a médica Josely Pintyá, responsável pelo programa é alertar e preparar os profissionais da saúde a orientar a população sobre a forma de transmissão, o diagnóstico, o tratamento e ainda, formas de reduzir o preconceito que os portadores da doença sofrem.

“A campanha visa, principalmente, a disseminação dessas informações e orientações aos usuários dos serviços de saúde para diagnóstico e tratamento precoce da doença visando o controle e a redução das sequelas”, explica Josely Pintyá.

No dia 28, último domingo do mês de janeiro, a equipe da Divisão de Vigilância Epidemiológica, do Departamento de Vigilância e Saúde estará concentrada na praça José Rossi, Vila Virgínia, durante as comemorações dos 26 anos do Encontro Nacional de Folia de Reis.

Este trabalho é realizado em parceria entre Secretaria Municipal de Saúde, o Movimento de Reintegração do Paciente Vivendo com a Hanseníase, Liga de Combate à Hanseníase da Escola de Enfermagem (USP), Liga de Combate à Hanseníase da Faculdade de Medicina (USP) de Ribeirão Preto e Sociedade Brasileira de Hansenologia.

A Doença

A hanseníase é uma doença com característica crônica e infecciosa que atinge principalmente a pele e os nervos e é causada por uma bactéria chamada Mycobacterium leprae, descoberta em 1873.

Os sintomas podem ser notados por meio de alterações na pele como manchas esbranquiçadas ou avermelhadas, além de nódulos. A doença provoca perda de sensibilidade uma vez que atinge os nervos condutores das sensações como sentir a diferença entre frio e quente. O tratamento dos pacientes com hanseníase é realizado por meio de combinações de antibióticos específicos, padronizados para o tratamento da doença, disponibilizado pela rede pública de saúde.

O Dia Mundial de Luta contra a Hanseníase é celebrado anualmente no dia 31 de janeiro.

 



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Mais Ribeirão Preto.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.