Terça-Feira, 26 de Outubro de 2021

9/1/2013 - Ribeirão Preto - SP

Procon de Ribeirão Preto divulga pesquisa sobre material escolar




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Ribeirão Preto

O orçamento de início de ano das famílias pode ficar ainda mais apertado se os pais não fizerem pesquisa de preço na hora de comprar o material escolar dos filhos.

O Procon de Ribeirão Preto elaborou uma pesquisa sobre os preços dos materiais escolares contendo os itens mais solicitados nas escolas da cidade. Os preços variam até 1.300% nas lojas da cidade. Para chegar ao índice, o órgão de defesa do consumidor enviou as listas de materiais para seis fornecedores, que informaram os valores praticados. O levantamento foi feito na semana passada.

O fichário foi o produto que apresentou a maior diferença, com 1.343%. Outros produtos que constam em todas as listas também tiveram uma variação grande, como a régua, com 543%, o apontador, com 265% e a cola bastão, com 208%. Para produtos com maior variação, o Procon alerta para uma pesquisa acirrada de preços, sempre observando marca, qualidade, validade e selo do Inmetro.

“O Procon orienta a importância da pesquisa para que o consumidor possa fazer a melhor compra e a economia desse valor ficar no bolso do consumidor”, avaliou o coordenador do Procon, Paulo Garde. “A atenção do consumidor deve também estar na qualidade do produto, sempre acompanhada do selo do Inmetro, que é uma referência de aprovação do produto, peso, medida para a sua comercialização”, finalizou.

Confira a pesquisa na íntegra no – www.procon.ribeiraopreto.sp.gov.br – site do Procon. Deve ser de conhecimento do consumidor que não há tabela fixa de preços para material escolar, por isso a importância do Procon em auxiliar o consumidor.

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, toda informação deve ser adequada, clara, com especificação correta de quantidade, características, composição, prazo de validade, preço e segurança dos produtos em relação aos consumidores. No caso de produtos importados, as informações devem estar em Português.

Dicas – Outra dica é anotar na própria lista o preço do produto que está marcado na gôndola e conferir no momento de pagar no caixa. O Procon esclarece também que a escola não pode impor na lista escolar determinada marca de produtos, cabendo ao consumidor o direito ao livre arbítrio para escolher a mercadoria de acordo com sua condição financeira.

Mais informações na sede do Procon-RP, localizado na rua Duque de Caxias, 1.181, no Centro. O horário de atendimento é de segunda à sexta-feira, das 8h30 às 16h. Os telefones para contato são: 0800.77.29.198 , 3632 0041 e 3931 3332.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Mais Ribeirão Preto.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2021, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.