Quinta-Feira, 18 de Julho de 2019

30/5/2019 - Ribeirão Preto - SP

Prefeitura concede imóvel para instalação de Base da Polícia Militar




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Ribeirão Preto

PM implantará, no Morro do São Bento, a 1ª Companhia do 3º BPM, otimizando as ações de segurança na região Leste 

Em solenidade na tarde desta quarta-feira, 29 de maio, o prefeito Duarte Nogueira assinou a concessão de imóvel no Morro do São Bento para a instalação da Base da 1ª Companhia do 3º Batalhão da Polícia Militar.

 “Cedemos o direito real de uso para a Polícia Militar instalar a 1ª Cia do 3º BPM no imóvel da antiga Casa do Radioamador. Aquilo vai irradiar do ponto de vista estratégico e operacional da PM com o atendimento para 82 bairros da nossa cidade, entre eles Jardim Paulista, Campos Elíseos, Jardim Paulistano e Lagoinha”, destacou o prefeito Duarte Nogueira.

O Coronel PM Carlos Alberto Machado, comandante do Comando de Policiamento do Interior (CPI-3), ressaltou a importância do ato para a segurança pública de Ribeirão Preto. “Nada mais justo do que ter um local decente para trabalhar, para o profissional fazer suas refeições e descansar e poder, com a instrução, melhorar a capacidade de dar ao contribuinte e ao solicitante do 190 um atendimento digno e profissional”, ressaltou.

Sistema Detecta

Na mesma ocasião, o chefe do Executivo Municipal também sancionou a Lei nº 14.334, de 21 de maio de 2019, que altera a redação do artigo 1º e seu parágrafo único, da lei nº 14.252, de 05 de novembro de 2018, do Sistema Detecta.

O convênio de adesão da Prefeitura de Ribeirão Preto ao Sistema Detecta foi assinado em 14 de setembro do ano passado. O Detecta é um sistema inteligente de monitoramento para aprimorar o trabalho dos policiais e autoridades locais. Muito mais que um sistema de monitoramento inteligente, o sistema possui o maior conjunto de informações armazenadas da América Latina e integrará bancos de dados da Polícia Militar, como os registros de ocorrências, fotocrim (banco de dados de criminosos com arquivo fotográfico), cadastro de pessoas procuradas e desaparecidas, dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), registro de veículos furtados, roubados e clonados.

“A Lei foi votada pela Câmara Municipal e realinhou algumas questões sobre o investimento de R$ 4.550.000,00 exclusivamente em ações de segurança pública e complementares. E, hoje, estamos sancionando a Lei para dar praticidade e execução às trinta câmeras do Sistema Detecta, no convênio com a Secretaria da Segurança Pública”, disse Nogueira.

Além disso, o município planeja a implantação de mais 30 câmeras em parceria com a iniciativa privada, dois shoppings centers e um terceiro empreendedor, totalizando 60 equipamentos do Sistema Detecta.  

Essas câmeras irão se juntar aos 24 pontos do Olho de Águia que funcionam na região central de Ribeirão Preto, somando 84 pontos de monitoramento em Ribeirão Preto. Sem contar as inúmeras câmeras residenciais e comercias que poderão ser interligadas ao Sistema Detecta, futuramente, caso tenham tecnologia adequada e compatível.

 



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Mais Ribeirão Preto.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.