Quarta-Feira, 3 de Junho de 2020

13/5/2020 - Ribeirão Preto - SP

Prefeito participa de reunião com Secretários sobre o Plano São Paulo




 

Programa estuda medidas de retomada das atividades não essenciais em todos os municípios paulistas

Fotos: Fernando Gonzaga

 

Na tarde desta terça-feira (12), o prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira, participou de uma reunião com a Secretaria de Desenvolvimento Regional e diversas outras Pastas estaduais para discutir o desenvolvimento do Plano São Paulo. A reunião ocorreu por videoconferência um dia depois da primeira reunião presencial do Conselho Municipalista, criado com objetivo de pactuar as futuras decisões de flexibilização da quarentena e retomada da economia no Estado após a pandemia do coronavírus - Nogueira faz parte dos prefeitos que compõem o grupo.


“Eu disse ontem na reunião, que durou cinco horas, e repito hoje que a nossa prioridade sempre foram as vidas e, claro, compreendemos a vulnerabilidade econômica que temos registrado em todos os municípios. No entanto, os impactos na economia não estão sendo causados pela quarentena, e sim pela pandemia que assola todo o mundo. A participação do Estado com os municípios, sempre com base nas orientações dos órgãos de saúde, é fundamental para apresentarmos medidas de retomada com segurança”, disse o prefeito.

 


Durante a videoconferência, os secretários estaduais ressaltaram que o Plano São Paulo leva em consideração os setores da economia, avaliando cada segmento e o respectivo impacto sofrido durante a pandemia do novo coronavírus. O objetivo é definir prioridades e estabelecer protocolos de retomada para cada setor, levando em consideração, inclusive, o impacto em gerações de emprego e nível de informalidade.


Em abril, Governo do Estado informou que o processo de abertura ocorrerá em etapas, com flexibilização gradual dos setores e com monitoramento diário e revisão da classificação periódica. Os grupos serão classificados em três níveis de risco: zona vermelha, quando registrado elevado número de novos casos ou alta ocupação de leitos da UTI; zona amarela, com estável número de novos casos ou ocupação adequada de leitos de UTI; e zona verde, com baixo número de novos casos, baixa ocupação de leitos de UTI, testes disponíveis para sintomáticos e suspeitos, protocolos setoriais implementados.
 



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Mais Ribeirão Preto.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2020, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.