Segunda-Feira, 23 de Outubro de 2017

9/10/2017 - Ribeirão Preto - SP

Em visita na UBS 7 prefeito fala sobre novo exame preventivo implantado na cidade




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Ribeirão Preto

O Prefeito Nilson Gaspar (PMDB) esteve na Unidade Básica de Saúde (UBS) 7, no Jardim Morada do Sol, nesta sexta-feira (06) para esclarecer para o público presente sobre o novo exame preventivo que a Secretaria Municipal de Saúde adotou para a prevenção do câncer de colo de útero, o Teste de HPV. Também estiveram presentes o vice prefeito, Dr. Tulio José Tomass do Couto (PMDB), o secretário de saúde, Dr. José Roberto Stefani, a vereadora e enfermeira Silene Carvalini (PP) e o médico ginecologista e pesquisador da Unicamp, Dr. Júlio César Teixeira.

“Esta parceria com a Unicamp será muito benéfica para as mulheres e estou muito feliz de podermos oferecer este exame de excelente qualidade e inédito no Brasil para nossas usuárias do SUS. Nosso objetivo é sempre oferecer serviços melhores para nossa população”, afirmou o administrador municipal.

Dr. Túlio ressaltou os motivos pelos quais Indaiatuba substituiu o Papanicolau pelo Teste de HPV para as mulheres com idades entre 25 e 64 anos. “O Preventivo implantado esta semana no município identifica a propensão de uma mulher desenvolver lesões de colo de útero e até mesmo o câncer, pois ele detecta a presença do HPV (papilomavírus humano) no organismo, mesmo que ainda não haja nenhuma lesão. O exame realizado até então identifica apenas as lesões já formadas”, disse.

Já Dr. Julio, um dos coordenadores do Preventivo (Programa Indaiatubano de Rastreamento do Câncer de Colo de Útero com teste de HPV), ressaltou a importância do exame. “No Brasil apenas um terço das mulheres vai regularmente ao médico ginecologista e faz os exames preventivos. Este é um dado preocupante e nosso objetivo com este programa é também sensibilizar estas mulheres sobre a necessidade de ir regularmente ao médico”, enfatizou.

A implantação do Teste de DNA de HPV em Indaiatuba foi possibilitada por meio de uma parceria entre a Prefeitura de Indaiatuba, a Universidade de Campinas (Unicamp) e a Roche Diagnóstica. O exame começou a ser realizado na segunda-feira (02) em todas as unidades de saúde do município para as mulheres assistidas pelo SUS (Sistema Único de Saúde).  



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Mais Ribeirão Preto.


Enviar esta notícia por email
Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2017, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.