Domingo, 24 de Março de 2019

31/10/2018 - Ribeirão Preto - SP

Daerp substituirá motores elétricos para reduzir consumo de energia




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Ribeirão Preto

Projeto de substituição foi apresentado em reunião do Conselho Sanitário Consultivo da autarquia 

O Daerp irá substituir 21 motores elétricos de estações elevatórias e poços artesianos para melhorar a eficiência energética e reduzir custos com energia elétrica. A troca foi discutida e definida no Comitê Permanente de Gestão, Controle e Redução de Perdas de Água e Eficiência Energética (CPG), criado em agosto deste ano.

O projeto de troca, feito pelos engenheiros eletricistas Laércio Pereira Cardoso e Henrique Gonzaga Estrada, sob supervisão do diretor técnico Lineu Andrade de Almeida, foi apresentado durante reunião do Conselho Sanitário Consultivo do Daerp, na tarde da última segunda-feira, dia 29.

Segundo o engenheiro Laércio Cardoso, há 103 motores em operação no Daerp e os 21 foram priorizados na troca em função da idade ou tempo de trabalho do motor, a média de horas trabalhadas por ano, a quantidade de rebobinamentos realizadas no motor e a eficiência nominal especificada pelo fabricante.

A previsão de investimentos com a troca de motores é de R$ 850 mil, valor que deve ser reduzido na licitação para a compra, que será feita à base de troca, com oferecimento do motor usado para o fornecedor dos equipamentos novos. Com a substituição dos motores, a redução no consumo deve chegar a 3.143.625 Kwh/ano, com economia estimada de R$ 848.778,88 por ano, praticamente o mesmo valor de investimento previsto.

Os motores serão substituídos por novos de potência similar, mas com a característica de melhor rendimento. Alguns terão até potência menor que os atuais, mas são equipamentos de alto rendimento, o que possibilita a economia estimada. “Para definir a potência, levamos em conta dois fatores; a vazão necessária e a altura manométrica”, explicou Laércio. Ele apontou ainda que além da economia de energia, também se exigirá menos manutenção nos novos motores.

O superintendente do Daerp, Afonso Reis Duarte, participou da reunião e explicou aos presentes que a busca de eficiência energética é uma constante na autarquia, assim como o trabalho para redução de perdas.

“Energia elétrica é uma questão bastante crítica no Daerp, em função do custo que representa na produção de água. Discutimos muito a redução de perdas, mas também estamos bastante preocupados com os gastos com energia elétrica”, disse Afonso.

Juntamente com o diretor técnico Lineu Andrade de Almeida, ele também explicou rapidamente aos conselheiros o projeto Afonso Duarte também explicou o projeto de setorização da distribuição, que resultará em redução de vazamentos de água, diminuindo as perdas e reduzindo o consumo de energia, uma vez que os poços ficarão menos tempo ligados.

E aproveitou para informar sobre os investimentos que vêm sendo feitos pelo Daerp, com reformas e aquisições de veículos e máquinas, como a compra de 36 motocicletas, três caminhões para transporte de cloro e cinco retroescavadeiras, além de reformas no prédio do atendimento da unidade Centro, do Daerp.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Mais Ribeirão Preto.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.