Segunda-Feira, 10 de Dezembro de 2018

13/3/2018 - Ribeirão Preto - SP

Daerp conserta 2.421 vazamentos em 45 dias de mutirão




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Ribeirão Preto

Órgão realizou uma média de 55 reparos diários neste período; foram percorridos 70 bairros de todas as regiões da cidade

Nos 45 dias que o Daerp realizou o mutirão “Viva Água Vida” foram realizados 2.421 consertos de vazamentos, uma média de 55 reparos por dia. Inicialmente previsto para acabar em 25 de fevereiro, ele foi prorrogado para que as equipes pudessem atingir todas as regiões da cidade e eliminar a grande demanda por conserto de vazamentos que existia.

O Daerp conseguiu com o mutirão um aumento de 116,7% na produtividade. Nos 45 dias que antecederam a realização do mutirão (entre 10/12/2017 e 24/01/2018), as equipes do Daerp realizaram 1.117 consertos de vazamentos.

Para o superintendente do Daerp, Afonso Reis Duarte, o mutirão foi um sucesso. “Conseguimos fazer o reparo de um número de vazamentos muito acima da média que tínhamos”, explicou.

De acordo com Duarte, a experiência de trabalho do mutirão será agora aplicada no dia-a-dia das equipes, com a setorização dos trabalhos por bairro. “Estamos fazendo um detalhamento para readequarmos a forma de trabalho para garantir um atendimento ainda mais eficiente à população”, concluiu.

Neste período, as equipes da autarquia percorreram mais de 70 bairros em todas as regiões da cidade. O trabalho não se preocupou apenas em eliminar os vazamentos, isso porque, em regiões onde as redes são mais antigas como Vila Tibério, Campos Elíseos e Centro, foi necessário a troca de vários trechos de redes.

Em outros bairros como Jardim Paiva, Jamil Seme Cury, Paulo Gomes Romeu, onde a baixa qualidade do material empregado nas redes quando da implantação destes bairros, também obrigou o Daerp a fazer um trabalho de substituição de ramais inteiros, para resolver em definitivo os vazamentos.

“Nossa cidade tem um problema crônico de rede antiga, e, por isso, fizemos a troca de diversos trechos de rede e troca de ramais, para que o trabalho ficasse ainda melhor”, explicou o assessor técnico da autarquia, Cleverson Fernandes Braga.

Inicialmente previsto para 30 dias, o mutirão “Viva Água Vida”, foi ampliado para que pudesse atender a todas regiões da cidade. Nos últimos 15 dias, o mutirão trabalhou no conserto de vazamentos nas regiões Leste e Sul da cidade.

Registros

Durante o mutirão, o Daerp conseguiu fazer um levantamento do número real de vazamentos em relação às solicitações. Constatou-se que, do total de notas registradas, em média 42% eram reais, o restante estava em duplicata.

Segundo explicou Virgílio França Júnior, responsável pelo setor de ouvidoria do Daerp, estão sendo feitas várias alterações no sistema.

“ Hoje o sistema não permite o agrupamento das notas, o que impede gerar um novo serviço se já existe uma nota em aberto. Quando o serviço é concluído, o sistema dá baixa em todas as notas. Isto está permitindo gerenciar melhor o trabalho”, explicou Virgílio França Júnior.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Mais Ribeirão Preto.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.