Segunda-Feira, 24 de Janeiro de 2022

26/2/2013 - Ribeirão Preto - SP

Casarão da Caramuru será o primeiro patrimônio particular tombado a receber projeto de restauro




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Ribeirão Preto

O Solar Villa Lobos, conhecido como Casarão da Caramuru, um patrimônio de estilo neoclássico, do final do século XIX, localizado na Vila República, tombado pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico), em 1988, acaba de conseguir o primeiro projeto oficial de restauro da história do município destinado a um imóvel originalmente particular. A medida era aguardada há mais de 30 anos pelos ribeirão- pretanos e entidades que militam no setor.

Para garantir a recuperação, restauro e proteção deste, que é um dos principais patrimônios históricos de Ribeirão Preto, a prefeita Dárcy Vera apresentou nesta segunda-feira, dia 25, no Salão Nobre do Palácio Rio Branco, a equipe de profissionais comandada pelos arquitetos Bruno Salvador e Cesar Shundi, que venceu o concurso público de restauro, por meio do Programa de Ação Cultural (ProAC), mantido pela Secretaria de Estado da Cultura.

Mesmo antes deste processo, o prédio já vem recebendo algumas ações de proteção, como novo telhado provisório, limpeza e catalogação de materiais. “Estamos iniciando um processo até então muito aguardado. A Casa da Caramuru passará por amplo processo de restauro com o apoio do ProAc, órgão do Estado de São Paulo de incentivo à cultura e a preservação histórica. Trata-se de uma ação gradativa de retomada patrimonial. Depois de sua conclusão, o local servirá para sediar muitas atividades de cultura. Estamos felizes com as presenças dos arquitetos da equipe vencedora do concurso. Será um marco para a cidade”, disse o secretário da Cultura, Alessandro Maraca, destacando que a prefeitura também fará o mesmo com outros prédios nesta mesma condição.

A ex-secretária da Cultura da Prefeitura de Ribeirão Preto, Adriana Silva, que deu início ao processo de restauro do Casarão da Caramuru, e que hoje responde pelo Instituto Paulista de Cidades Criativa e Identidades Culturais, se colocou a disposição para auxiliar na busca de recursos para garantir a preservação deste patrimônio. Ela acredita que a totalidade do trabalho fique entre R$ 2 a R$ 6 milhões. “O Casarão se confunde com a história e a transformação da cidade. Será uma retomada histórica muito importante para Ribeirão Preto”, acrescenta ela. “Já estivemos algumas vezes no prédio e a equipe está consciente da importância desta restauro para a cidade. Estamos iniciando esse processo que envolve muitas intervenções de profissionais diversos. Acreditamos que o envolvimento com a comunidade é vital para a grandeza desta iniciativa”, destaca o arquiteto César Shundi.

“Nossa preocupação é preservar as características originais. Vamos fazer adequações e ações contemporâneas. O importante é que essa reivindicação virou realidade”,completa o arquiteto Bruno Salvador.  

“Estamos muito felizes por esse dia em que anunciamos a recuperação do Casarão da Caramuru. Há décadas esperamos isso. Quero agradecer a Adriana Silva, que começou todo esse processo, ao Maraca que esta dando continuidade com competência, ao escritório do Alberto e Mauro Arruda, que fez grandes transformações no local”,destacou a prefeita Dárcy Vera.

De acordo com ela, outros prédios também serão restaurados. “O Casarão da Caramuru agora é uma realidade. A memória e a preservação ganham com isso. Tenho certeza que a equipe do Cesar e do Bruno farão um belo trabalho. Não por acaso ganharam o concurso. O prédio será devolvido para a sociedade com muitas ações de cultura”, explicou a prefeita ao conhecer em detalhes o projeto dos vencedores do ProAc.

Participaram do evento engenheiros, arquitetos, historiadores, secretários municipais (Governo), Jamil Albuquerque; (Cultura) Alessandro Maraca; Fernando Picolo (Planejamento); Norma L. Campaz, e Ricardo Trinca, ambos integrantes do Conselho Municipal de Patrimônio e Cultura de Ribeirão Preto. 

 



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Mais Ribeirão Preto.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2022, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.