Domingo, 5 de Dezembro de 2021

Mais lidas da semana

25/1/2013 - Ribeirão Preto - SP

Casa da Caramuru está já recebendo proteção de paredes e novo telhado




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Ribeirão Preto

O Solar Villalobos, ou Casa da Caramuru, como ficou conhecido o imóvel de estilo neoclássico localizado no antigo bairro da República, hoje Vila Virgínia, já exibe outra aparência e, aos poucos, deixa no passado as cenas de ruínas e seu aspecto de abandono histórico. “Restaurar este patrimônio é um desejo de muitos e o compromisso da administração municipal”, reitera a prefeita Dárcy Vera, que acompanha o trabalho desde seu início.                   

Tombado pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico), atualmente o prédio está recebendo uma série de melhorias estruturais, assim como a catalogação de todos os materiais retirados do local, proteção de suas paredes e pilares e, na sequência, ganhará um telhado. A ação está sendo executada por profissionais da empresa Arruda Associados, que prepara o imóvel para receber o restauro geral.

O trabalho de catalogação, que terá custo de R$ 74 mil, é uma das ações de contrapartida das obras de combate às enchentes, por meio do Programa Ribeirão Sustentável. “Seu significado é muito mais do que arquitetônico, é histórico e simbólico, pois se trata de um lugar de grande identidade com as varias épocas de Ribeirão Preto”, disse Alexandre Maraca, secretário da Cultura, ao ouvir as explicações de trabalhos de Alberto Magno de Arruda ( arquiteto) e Mauro Henriques de Arruda (engenheiro), durante sua primeira visita ao local, que já se transformou num canteiro obras.

“Aqui está acontecendo um processo histórico importantíssimo, principalmente por conta da recuperação dos materiais que estão sendo retirados e devolvidos ao imóvel, como forma de garantir a originalidade do casarão”, disse Maria Claudia Borges, assistente social do Planejamento para ações socioambientais. “O local está bem diferente. Estamos tomando todos os cuidados na recuperação dos itens retomados. Nosso objetivo é preservar a estrutura original de forma mais respeitosa possível. Por isso estamos dando tanta atenção à catalogação”, emendou Alberto Arruda.

O telhado permitirá mais segurança ao prédio e, assim, podemos realizar outros trabalhos garantindo a proteção das estruturas”, acrescenta o engenheiro Mauro Henriques Arrudas. Paralelamente a essas atividades, a Cultura também planeja, para o período de 28 a 2 de fevereiro, as visitações monitoradas.

“Essas visitas também fazem parte do processo de restauro da Casa da Caramuru. A população sempre solicitou essa intervenção, que ora acontece. Também vãoacompanhar essa transformação de perto. Esse patrimônio é da cidade e devolver esse patrimônio à sociedade era nosso desejo”, finaliza a prefeita Dárcy Vera.

 

 



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Mais Ribeirão Preto.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2021, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.